Início » Destaque » Padeiros fazem escultura de massa em desafio da Olimpíada do Conhecimento

Padeiros fazem escultura de massa em desafio da Olimpíada do Conhecimento

Padeiro tem que pôr a mão na massa para fazer o pão nosso. Mas, na Olimpíada do Conhecimento 2016, ele também precisam ter outras habilidades, como saber modelagem, pintura e colagem de peças.

Tudo para fazer uma escultura de massa inerte, isto é, sem fermento, usando pão, aerógrafo para pintura, texturas como grãos, farinha, chocolate. É o desafio individual de panificação, feito de surpresa com alunos da competição por equipes Festa Saudável. Os melhores foram escolhidos pelo voto popular, dos visitantes da Olimpíada do Conhecimento.

Levou ouro a baiana Leína Silva que não competiu pela Bahia, mas sim por Pernambuco. Ela mora em Sobradinho (BA) e viaja todo dia uma hora e meia para ir e outra hora e meia para voltar, até o SENAI de Petrolina (PE). Ela fez uma árvore simbolizando a natureza e os animais em extinção.

“Fiz essa escultura relacionada à natureza porque gosto de acampar. Participo de um grupo de desbravadores que ensina os jovens métodos de sobrevivência”, disse Leína.

Em segundo lugar ficou Thiago Macedo, do Rio Grande do Norte com a escultura casa de massa de pão sem glúten e sem lactose.

Segundo a treinadora da equipe de Alagoas, Thais Amorim, os competidores individuais foram avisados apenas no dia anterior, para terem tempo de preparar e assar as massas que iriam usar na hora da montagem da escultura. Participaram as equipes de Mato Grosso, Alagoas, Rio Grande do Norte, Paraíba, Sergipe e Pernambuco.

Essas são também as seis equipes inscritas para o desafio coletivo da Festa Saudável, que este ano definiu o preparo de pratos saudáveis para um evento com 20 convidados de diferentes idades e com restrições alimentares. Cada equipe recebeu R$ 10 mil para realizar pesquisas e experimentar receitas e técnicas antes da competição.

Conforme informou a competidora da área de Segurança do Trabalho,de Goiás (mas que estava ajudando a divulgar o trabalho da equipe a de Pernambuco), Aline Da Vince, os ingredientes mais usados foram massa orgânica de banana verde que substitui o amido e produtos sem lactose, sem glúten e sem açúcar.

Fonte: g1

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta